Retire seu saldo FGTS

O FGTS significa, Fundo de Garantia por Tempo de Trabalho. É uma quantia depositada no valor de 8% todos os meses na conta dos funcionários. Serve para que em casos extremos, ele tenha um seguro monetário e possa utilizar esse dinheiro. Quando é demitido por justa causa, ou pede demissão, o FGTS fica retido e impossibilita que o cidadão o utilize. Mesmo após voltar a trabalhar com a carteira assinada, esse fundo ficaria retido.
Porém foi anunciado pelo Presidente do Brasil, Michel Temer, que esse dinheiro ficaria disponível para o saque. Mas só para as contas inativas até o último de do ano de 2015. Ou seja, todos aqueles que foram demitidos por justa causa, ou pediram demissão até o dia 31 de dezembro daquele ano, poderiam sacar o seu FGTS.

Porém, antes de ser retirado. É necessário saber se você tem saldo em sua conta. Existem várias formas de fazer essa consulta. É possível ver o extrato FGTS através de aplicativo da Caixa Econômica Federal, pelo site deles, ou até mesmo diretamente na agência do banco. Clicando no link, você obtém informações mais detalhadas sobre o saque.
Para retirar o dinheiro retido, é necessário ter em mão documento com foto, número PIS, cartão cidadão e senha. Além  de poder fazer o saque na Caixa Econômica Federal, você pode pedir que o dinheiro seja redirecionado em uma conta corrente da sua escolha, ou até mesmo pelo site oficial do banco.
A retirada do FGTS pode também ser feitas em outros casos, tais quais estão citados abaixo:
§   Morte do patrão;
§  Fechamento da Empresa;
§  Morte do Trabalhador;
§  Em casos de necessidade urgente por causa de desastres naturais, quando for declarado estado de emergência ou calamidade pública por parte do Governo Federal;

§  Se a conta não tiver movimentação durante 3 anos.

SHARE THIS

Author:

Previous Post
Next Post
9 de outubro de 2017 09:39

Não consegui tirar meu fgts. Até que recebi no meu-email do outlook o passo a passo e a liberaçãohttp://www.teste4.com.br/gmail-login-como-acessar/

Reply
avatar